Escritório de William

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Escritório de William

Mensagem por Mikhaela D. Blackheart em Dom Nov 27, 2016 3:56 pm



Pendente



Última edição por Mikhaela D. Blackheart em Ter Nov 29, 2016 4:10 pm, editado 10 vez(es)
avatar
Mikhaela D. Blackheart
Ventrue
Ventrue

Mensagens : 32
Experiência : 427
Data de inscrição : 27/11/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Escritório de William

Mensagem por Mikhaela D. Blackheart em Dom Nov 27, 2016 4:39 pm

Eu acordei nua e sozinha na cama, por volta das sete da noite, envolta de seda e cetim devido ao toque morno de uma senhora de mais ou menos seus cinquenta anos, minha adorável governanta e carniçal. Meus olhos claros demoraram a se acostumar com a luz que entrava pela cortina recém aberta por minha lacaia cujo nome era Elizabeth. Um sorriso gentil tocou seus lábios e ela afastou a mão de mim, afastando-se da cama e indo até o armário escolher algo para que eu me vestisse.

- Boa noite, minha senhora. Devo lhe separar roupas para que tipo de ocasião?

Questionou com o tom calmo e respeitoso de sempre. Empurrei as roupas de cama para longe, revelando minha pele alva e sai da cama. Não me dei ao trabalho de procurar um roupão para me cobrir, indo para o banheiro do quarto e entrando na banheira já pronta para meu banho. Enquanto andava, respondi.

- Quero um vestido em modelo grego branco e sem mangas, senhora Goldsmith.

A voz era doce e calma, uma voz que ao ser dirigida a alguém envolvia e moldava a seu favor. Comecei a ensaboar minha pele com paciência, limpando o corpo todo, e depois limpei o que ainda havia de sêmen entre minhas pernas e outros lugares. Então joguei a água fora e liguei o chuveiro. Molhei os cabelos ruivos e massageei os mesmos antes de os ensaboar. Depois tirei a espuma e passei o condicionador. Deixei que agisse por um tempo e então me toquei um pouco. Ao terminar os toques a procura de machucados, tirei o condicionador. Quando terminei de tirar o condicionador, desliguei a água e sai da banheira.

Enrolei uma toalha em meu corpo e outra em meus cabelos ruivos, indo ao quarto. As roupas já estavam arrumadas e a governanta me secou e vestiu. Depois, me acompanhou até a penteadeira, penteando os cabelos ruivos e depois cuidando para moldar os cachos. Peguei um perfume citrico não muito forte e passei, antes de me voltar a maquiagem e passar delineador e lápis de olho negros e batom rosa, além de um pouco de blush para disfarçar parcialmente a palidez. Calcei sandálias que combinavam com o vestido e desci ao andar inferior para procurar meu amado.

Em frente a seu escritório na casa, parei pada ouvir se havia alguém lá e bati na porta caso não tivesse ninguém ali dele e chamei.

- Mestre, está ai? Posso entrar? - Questionei, supondo que ele provavelmente estava ali.


Misha Perfil MP


I'm loving you.

Thanks @ Solaria Magnum CG
avatar
Mikhaela D. Blackheart
Ventrue
Ventrue

Mensagens : 32
Experiência : 427
Data de inscrição : 27/11/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Escritório de William

Mensagem por William Blackheart em Dom Nov 27, 2016 10:30 pm



Olhei a mesa a minha frente e não pude deixar que um breve suspiro escapasse de meus lábios enquanto observava a pilha de documentos que havia terminado de analisar, assinar e rejeitar. Apesar de ser dono de uma empresa tem suas vantagens e a maioria sendo resumida em bens materiais que há muito tempo havia virado somente enfeites, a maior desvantagem era a quantidade quase abusiva de documentos que precisavam ser analisados e o estresse causado por isso e mesmo que eu tivesse alguém que lidava com esses trabalhos, uma linda mulher de cabelos ruivos, nesse dia eu queria lhe fazer uma surpresa.

— Mestre, está aí? Posso entrar? –
Ouvindo a voz que havia me feito companhia por quase toda a noite passada, não pude evitar que um sorriso que surgia em meus lábios, era como o ditado “Falando no diabo, olha o rabo” e a ruiva que havia acabado de surgir em meus pensamentos estava ali.

— Pode entrar. – Ordenei vendo a ruiva entrar em minha sala e não pude deixar que meus olhos percorressem o corpo da ruiva enquanto a mesma adentrava meu escritório, um comentário escapando de meus lábios quase automaticamente: — Como sempre, extremamente bela, Misha.

Sorri para a ruiva me apoiando contra a mesa repleta de documentos que eu sinceramente já havia me esquecido sobre o que era e andei lentamente ao redor da mulher que havia me entrado.

— É um belo vestido o que usa, me dá algumas idéias do que fazer com ele.

avatar
William Blackheart
Ventrue
Ventrue

Mensagens : 6
Experiência : 1175
Data de inscrição : 27/11/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Escritório de William

Mensagem por Mikhaela D. Blackheart em Dom Nov 27, 2016 10:48 pm

Quando eu entrei na sala, parecia um felino entrando em sua zona de segurança, mas ao ver toda aquela papelada em cima da mesa, parei por um instante e fiquei encarando-os. Normalmente aquele amontoado de papéis ficava na minha sala para que eu cuidasse de tudo. Contratos, demissões, projetos, campanhas, dentre outras coisas em geral eram tarefas minhas, assim como administrar a casa. Confusa, olhei para William esperando que o pior viesse. Não havia feito meu trabalho direito? Ou será que ele desconfiava de mim? Se eu ainda fosse humana, talvez estivesse chorando agora.

- Algum problema com os documentos, William? Posso rever tudo se quiser, refazer as contas ou...

O comentário dele me pegou de surpresa. Não parecia estar irritado comigo, então não pude evitar ficar aliviada. Um sorriso surgiu em meus lábios e coloquei uma mecha ainda úmida atrás da orelha antes de fazer uma pequena reverência. A escolha do vestido havia sido intencional, era óbvio. Sabia que iria afetar ele de algum modo.

- Disse uma vez que gostava de um vestido parecido com ele. Usei no jantar que nos conhecemos, a quase quatro anos atrás. Pensei que talvez este te agradasse, mesmo que como tapete.

Eu conheci William quando tinha quinze anos e me entregara a ele. Havia sido amor praticamente a primeira vista e devo admitir que não me arrependo de ter lhe presentiado com minha virtude tão cedo. Ainda hoje, minha família acha que casei-me virgem... Mas eles também acham que eu e William somos humanos.

Por sorte, os empregados sabiam que os escritórios eram lugares sagrados e apenas deviam entrar com permissão. Ninguém iria nos incomodar ali. Quando a inspeção terminou, envolvi a cintura dele com os braços e admirei os olhos ofidios dele. Se eu era o felino da casa, William era uma serpente. A única pessoa que ficava perto dele sem temer e nem ter um Laço de Sangue era eu, o que era algo a se considerar.
avatar
Mikhaela D. Blackheart
Ventrue
Ventrue

Mensagens : 32
Experiência : 427
Data de inscrição : 27/11/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Escritório de William

Mensagem por William Blackheart em Seg Nov 28, 2016 8:41 pm



Eu notava o temor dela, o medo que havia surgido em todo seu corpo por um breve momento enquanto via os documentos em minha mesa e por um momento eu quis rir. Mesmo que agora ela fosse uma imortal que não temia a morte ou o passar do tempo, ela ainda agia como uma humana em algumas ocasiões e isso, isso sim, me dava uma sensação de diversão que eu não conseguia evitar de viciar.

— Ah, na verdade me lembro disso. – Comentei com um sorriso nos lábios enquanto fechava os olhos, recordando tanto da ocasião em que havia a conhecido como o vestido que ela a usava. Logo um pequeno sorriso verdadeiro surgia em meus lábios enquanto continuava com minhas palavras: — Lembro que pensei três coisas aquele dia, a primeira foi que você era linda, a segunda coisa foi que eu queria que se tornasse minha e a terceira...

Com um sorriso em meus lábios deslizava os dedos lentamente desde os seios do vestido até o umbigo dela, um brilho de malicia em meus olhos antes que finalmente falasse novamente: — Que eu adoraria rasgar o vestido ali mesmo e te estuprar.

Ainda a observando com um toque de desejo e malicia, separava meu corpo do dela e mostrando a quantidade um pouco abusiva de pastas atrás de mim sorri mais largamente: — Acordei hoje cedo para terminar seu trabalho e deixar seu dia livre, assim sendo.... – Me aproximava lentamente dela e a beijando no pescoço sussurrava levemente em sua orelha, fazendo com que soasse tão tentador quanto possível: — Você tem um dia somente para você.

avatar
William Blackheart
Ventrue
Ventrue

Mensagens : 6
Experiência : 1175
Data de inscrição : 27/11/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Escritório de William

Mensagem por Mikhaela D. Blackheart em Seg Nov 28, 2016 9:14 pm



Eu via nos olhos dele a vontadede começar a rir e fiquei um pouco sem jeito devido a minha própria reação. Mordi o lábio inferior e afaguei meu cotovelo esquerdo em um ato de nervosismo. Eu tinha pouco tempo como vampira, ele não podia me julgar e comparar aos cainitas com séculos de experiência e hábitos. Ainda havia muitas coisas que eu tinha que aprender e me habituar.

Quando ele me contou o que havia pensado naquela noite, admirei os olhos dele e levei a mão direita as calças dele e com a esquerda acariciei o rosto dele. Ficava feliz com o que ele planejava fazer comigo naquele dia tão longínquo. Eu havia me tornado mulher dele de fato, mas ele não havia me estuprado ou rasgado o vestido. O toque sobre o vestido me arrepiou, fazendo que mordesse o lábio inferior.

- Não seria ruim que tivesse investido mais cedo, mas não seria estupro. Queria tanto quanto você... E meus pais iriam enlouquecer se tivesse feito isso ali.

Quando ele se afastou e me disse o motivo daquelas pastas todas e arquivos, abracei-o e dei um sorriso malicioso para ele, antes de morder sua orelha. Amava quando ele era tão... perigosamente sexy. Meu braço esquerdo ficou em seu pescoço e acariciei sua face com a ponta dos dedos. Mordi o lábio inferior dele e desci o beijo pelo pescoço dele.

Enquanto beijava ele, olhei-o com o ar malicioso que havia adotado desde os quinze com ele. Era a vadia particular dele e ele havia me ensinado tudo o que eu sabia sobre como satisfazer um homem e também me apresentara meu próprio corpo. Agora que podíamos aproveitar um tempo juntos, queria deixar ele satisfeito.

- Por que não rasga esse vestido? Podemos fazer aqui mesmo ou no meu escritório, seja no chão ou em cima da mesa.

Sugeri a meia voz para ele, pressionando meus seios no peitoral dele. Sabia muito bem o quanto poderia manipular os homens usando meu corpo. Delicadamente, peguei ambas mãos dele e me virei de modo as costas ficarem contra o peito dele e coloquei ambas as mãos sobre meus seios e olhei para ele, fingindo alguma inocência.

- Acho que eles são um pouco pequenos, não acha?

avatar
Mikhaela D. Blackheart
Ventrue
Ventrue

Mensagens : 32
Experiência : 427
Data de inscrição : 27/11/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Escritório de William

Mensagem por William Blackheart em Qua Nov 30, 2016 9:45 pm



Sorria para ela me lembrando da vez que eu me apresentei aos pais dela e que eles haviam me feito tantas perguntas sobre a minhas intenções e o que queria com a pequena filha deles que eu quase pensei que eles não iriam permitir o casamento e o fato que eles insistiam em manter a pureza dela até o fim do casamento havia me feito querer rir, afinal de contas bem antes de me decidir casar com ela, eu havia aproveitado cada pedaço do lindo corpo que ela possuía e provavelmente não havia sequer um pedaço da pele branca dela em que eu não havia banhado em meu sêmen.

Deixei um gemido baixo escapar de meus lábios ao sentir os lábios dela em meu pescoço e não pude evitar de sentir minha excitação aumentando com a pressão dos seios macios dela contra meu peitoral me fazia querer naquele momento. Logo depois, quando ela se virou e levou as minhas mãos aos seus seios, não pude evitar de apertá-los suavemente por cima do tecido de seu vestido, começando a massagear eles momentos depois enquanto sentia um volume se formar dentro de minha calça e pressionar suavemente as nádegas dela por cima do vestido.

— Em minha opinião, são do tamanho perfeito, mas talvez seja melhor para mim julgar sem o vestido atrapalhando.... — Comentei com um sorriso malicioso e no momento seguinte, rasguei a parte de cima do vestido dela, revelando seus seios para o ar ao mesmo tempo em que meus lábios deslizavam pelo seu pescoço.

Logo depois virei o corpo dela novamente em minha direção e a fazendo subir na mesa desci meus olhos lentamente pelo vestido dela, o levantando até a cintura dela, fazendo com que o visual dela parece mais a de uma moça que estava sofrendo um ataque.

— Algum compromisso para hoje? Se tiver, cancele....Não vai sair dessa sala tão cedo.

avatar
William Blackheart
Ventrue
Ventrue

Mensagens : 6
Experiência : 1175
Data de inscrição : 27/11/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Escritório de William

Mensagem por Mikhaela D. Blackheart em Qua Nov 30, 2016 10:04 pm



Eu havia precisado esconder de meus pais que eu e William eramos um caso antigo e que já tinha uma experiência elevada em satisfazer aquele homem. Conhecia cada parte do corpo dele tão bem quanto ele conhecia o meu e, se ele não fosse um vampiro, já teria engravidado a muito tempo. Mas, no fim das contas, meus pais haviam ficado satisfeitos que um homem rico e bem sucedido queria se casar com a pequena filha deles.

Aproveitei os toques dele e fiquei um pouco chateada com ele rasgando o vestido, pois gostava um pouco dele. O lado positivo, porém, era que podia comprar vários outros iguais aquele se desejasse sem reclamações quanto aquilo. Os lábios dele causavam arrepios em minha pele e não mostrei a menor resistência a ser virada ou colocada na mesa. As palavras dele me fizeram abrir um sorriso malicioso.

- Acho que meu único compromisso envolvia exatamente o que vamos fazer... Acho que não preciso desmarcar.

Após falar em voz baixa, tirei a calcinha fio dental que usava e joguei no chão. Passei às mãos pelos ombros e peitoral dele antes de me dirigir aos botões do terno em perfeito estado e começar a abrir ele.

avatar
Mikhaela D. Blackheart
Ventrue
Ventrue

Mensagens : 32
Experiência : 427
Data de inscrição : 27/11/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Escritório de William

Mensagem por William Blackheart em Qua Nov 30, 2016 10:21 pm



Sorria vendo ela retirar a calcinha fio dental e passando a língua pelo lábio inferior já pensava em mil maneiras de a torturar, como a fazê-la gemer enquanto desfrutava do prazer de seu corpo, fazendo a mesma coisa que havia feito anos atrás, quando perdido no prazer a possuir eu havia dado a garota um banho de porra, enchendo tanto sua buceta, seu cu, como sua boca de sêmen, além de cobrir todo o corpo dela da mesma forma.

— Que bom então.... Hoje irei repetir o que fiz com você na primeira vez em minha cama. –
Falei enquanto um sorriso malicioso surgia em meus lábios e no momento seguinte a ajudei a remover minhas roupas, retirando completamente o terno e a camiseta por baixo do mesmo, revelando meu corpo bem torneado.

Logo em seguida comecei a retirar lentamente a minha calça, revelando meu pau que já estava duro por debaixo do tecido da calça social e no momento seguinte comecei a esfregar o meu mastro contra a buceta dela, causando uma fricção entre nossas peles enquanto a olhava cheio de desejo. A tortura ia começar.

avatar
William Blackheart
Ventrue
Ventrue

Mensagens : 6
Experiência : 1175
Data de inscrição : 27/11/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Escritório de William

Mensagem por Mikhaela D. Blackheart em Qui Dez 01, 2016 8:21 am



Eu conhecia bem aquilo. William gostava de estar no comando e me torturar um pouco antes de se entregar aos prazeres da carne. Soltei um gemido baixo e acariciei os ombros dele com as mãos delicadas antes de me inclinar e dar um beijo em seus lábios. Nós eramos um do outro e eu já havia aceitado minha condição submissa na cama. Porque, veja, ele não era ruim para mim e da mesma forma que esperava exclusividade da minha parte, eu podia esperar o mesmo dele.

Com os olhos brilhantes, desci as mãos por seus braços másculos, com um sorriso cheio de malicia. Sentia o desejo crescendo dentro de mim com o membro dele roçando em mim.

-- Vou adorar reviver esse momento.

Eu puxei um pouco ele mais para mim, de modo a poder me inclinar a roçar meus seios nele enquanto ele esfregava em mim o membro dele e levei meus lábios até seu ouvido, mordendo seu lóbulo esquerdo. Meus olhos claros fitaram-o com atenção enquanto o fazia.

-- A forma que você me tomou para si e me encheu de porra me deixa muito excitada, sabia?

Sussurrei no ouvido dele, afagando seus cabelos escuros. No passado, havia notado que me comportava de forma menos requintada quando estávamos fazendo amor. E apesar de ser um tanto quanto esquisito para mim se fossem outros tempos ou mesmo outra pessoa ali comigo.

avatar
Mikhaela D. Blackheart
Ventrue
Ventrue

Mensagens : 32
Experiência : 427
Data de inscrição : 27/11/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Escritório de William

Mensagem por William Blackheart em Sab Dez 31, 2016 2:40 pm



O sussurro dela em meu ouvido me enviou uma sensação de prazer que me deixou ainda mais excitado enquanto a observava. Logo em seguida meus lábios novamente foram de encontro aos dela enquanto eu a beijava intensamente, minha língua brincando com a dela enquanto continuava a mover o quadril, roçando meu membro em sua buceta deliciosa, ficando cada vez mais duro.

Logo em seguida minhas mãos deslizavam lentamente pelas costas da ruiva até sua bunda, a apertando com alguma força ali antes de separar nossos lábios e sorrir com malicia, a observando.

— Eu adoro quando fala e age assim.... — Com um leve sorriso em meus lábios me afastava dela lentamente e deixava meus olhos percorrerem cada pedaço do corpo dela, guardando cada curva em minha memória. Há muito tempo quando a conheci, havia somente o desejo, a vontade de possuir aquela linda e inocente garota, de fazer ela sentir tanto prazer em meus toques que se tornasse viciada em mim, eu queria que ela se tornasse meu lanche para toda a eternidade....

Mas quem diria que com o passar do tempo, conforme eu a conhecia mais e mais o que eu sentia para ela passou de ser simplesmente um desejo de posse, como também se tornou algo mais forte, mais perigoso e muito mais duradouro do que simples desejo.

— Me chupa. – Com uma voz rouca repleta de desejo e prazer, ordenei a mulher a minha frente a fazer o que eu mandava, naquele momento eu não iria permitir nem o mais leve sinal de rebeldia. — Vou começar enchendo sua boca de porra.


avatar
William Blackheart
Ventrue
Ventrue

Mensagens : 6
Experiência : 1175
Data de inscrição : 27/11/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Escritório de William

Mensagem por Mikhaela D. Blackheart em Qua Jan 25, 2017 6:24 pm

Olhei para ele com um olhar malicioso e por um momento fingi que não ia obedecer a ele, antes de me abaixar e começar a trabalhar no pau dele. Masturbava o pau dele com a mão, passando a língua nele todo. Dei uma atenção especial a cabeça do membro dele, passando bem a língua naquela área. Então desci os lábios para o saco dele e beijei ele todo ali. Meus lábios então subiram para o pau dele e comecei a introduzir em minha boca, chupando ele gostoso. Sabia bem como ele gostava de ser chupado e garantia que fosse daquela forma, para ele ficar o mais feliz possível.

Se preocupe apenas em gozar, mestre. — Murmurei em uma pausa nas chupadas e então recomecei a chupar o mastro dele, interrompendo para lamber ou beijar o mastro dele.


Misha Perfil MP


I'm loving you.

Thanks @ Solaria Magnum CG
avatar
Mikhaela D. Blackheart
Ventrue
Ventrue

Mensagens : 32
Experiência : 427
Data de inscrição : 27/11/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Escritório de William

Mensagem por William Blackheart em Qui Mar 09, 2017 3:31 pm



Olhava para a ruiva que estava ajoelhada em minha frente com um sorriso malicioso nos lábios, a sensação da língua dela deslizando por toda a extensão de meu pau me fazendo gemer de prazer enquanto a segurava pelos cabelos e começava a mover o quadril para frente e para trás em um ritmo único, fodendo sua boca.


— Adoro a forma como me chupa!. – Com uma voz rouca repleta de desejo e prazer, elogiei a habilidade da vampira de usar a boca enquanto aproveitava cada momento. Cada vez que a língua e os lábios dela iam até meu saco eu sentia todo meu ser tremer de prazer.

Depois de alguns minutos gemi alto enquanto colocava todo meu pau dentro da boca da garota e gozava.


avatar
William Blackheart
Ventrue
Ventrue

Mensagens : 6
Experiência : 1175
Data de inscrição : 27/11/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Escritório de William

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum